15 Locais a Não Perder nos Açores

Por mais vezes que vá ao arquipélago dos Açores, nunca serão suficientes. Desde 2015, ano em que visitei a Ilha de São Miguel pela primeira vez, já regressei aos Açores pelo menos mais 5 vezes, tendo visitado praticamente todas as suas ilhas. A resposta à pergunta “Qual a tua ilha açoriana preferida?” não é fácil.

Em todas descobri algo único: a Terceira, conhecida como a “ilha das festas”; as Flores com a sua natureza em estado bruto; o Faial e o ambiente quase esotérico do seu Vulcão dos Capelinhos; o Pico e a montanha mais alta de Portugal; Santa Maria com as suas praias de areia branca e água cristalina; a Graciosa e a sua beleza simples e ambiente tranquilo; São Jorge e as suas magníficas Fajãs; o Corvo e o seu ambiente tranquilo e finalmente São Miguel, que reúne um pouco da beleza de todas as suas ilhas irmãs. 

Neste artigo dou 15 sugestões de locais a não perder nos Açores, para que planeies da melhor forma as tuas próximas viagens a este magnífico arquipélago. 


15. Poça Simão Dias (Ilha de São Jorge)

Localizada na Fajã do Ouvidor, na Ilha de São Jorge, a Poça Simão Dias é uma das piscinas naturais mais fascinantes dos Açores. O contraste do negro das rochas que a rodeiam e o azul cristalino da sua água é uma das características que mais chama a atenção de quem a visita. O caminho até lá, apesar de não poder ser considerado difícil, também não é dos mais fáceis, mas vale cada passo. 

Poça Simão Dias, Ilha de São Jorge | Locais a não perder nos Açores

14. Parque da Caldeira Velha (Ilha de São Miguel)

O Parque Natural da Caldeira Velha está localizado na encosta norte da Serra de Água de Pau, no concelho da Ribeira Grande, na Ilha de São Miguel. Depois de percorrido um caminho desenhado entre uma densa vegetação, encontram uma série de pequenas piscinas e poças de água termal aquecida pela actividade vulcânica, onde é possível tomar banho.

Parque Natural da Caldeira Velha, Ilha de São Miguel | Locais a não perder nos Açores

13. Ponta da Ferraria (Ilha de São Miguel)

É também em São Miguel que se encontra a Praia da Ponta da Ferraria. Aqui, é possível tomar banho numa piscina natural com águas aquecidas por 2 nascentes de águas termais de origem vulcânica. Para não serem levados pelas ondas que refrescam a piscina terão de se agarrar às cordas que a atravessam. A praia é muito frequentada por pessoas que a procuram pelos alegados benefícios terapêuticos das suas águas. 

Ponta da Ferraria, Ilha de São Miguel | Locais a não perder nos Açores

12. Lajido da Criação Velha (Ilha do Pico)

As Vinhas da Criação Velha, classificadas como Património da Humanidade pela UNESCO em 2004, são sem dúvida um dos locais a não perder nos Açores. As vinhas continuam aqui a ser plantadas há séculos em pequenos lotes de solo negro cercados por muros de pedra vulcânica que as protegem do vento, seguindo técnicas ancestrais. Na zona do Lajido da Criação Velha encontra-se ainda um antigo moinho tradicional extremamente bem conservado (Moinho do Frade), cuja cor vermelha oferece um contraste extraordinário com o negro e verde da paisagem negra e verde envolvente, e de cujo topo consegues avistar a vasta extensão das vinhas.



11. Gruta das Torres (Ilha do Pico)

Se a ideia de visitar o maior tubo lávico de Portugal soa minimamente interessante, então a Gruta das Torres, no Pico, terá de ser obrigatoriamente inserida na lista de locais a não perder nos Açores. Com uma extensão de 5150m, estima-se que a sua formação tenha tido origem há cerca de 1500 anos atrás. Durante 1 hora o visitante é levado a percorrer cerca de 450m da gruta, em total escuridão (apenas interrompida graças às lanternas que lhe são dadas à entrada), observando os vestígios da passagem da lava por aquele local. 

10. Ilhéu Vila Franca (Ilha de São Miguel)

Vila Franca do Campo, em tempos a capital de São Miguel, é uma cidade pacata dotada de um rico património cultural e histórico. Daqui é possível avistar e aceder (no período de Junho a Setembro) ao Ilhéu de Vila Franca, localizado a cerca de 1 km da costa, na cratera de um vulcão extinto. Foi considerado um dos locais de maior atração turistica em São Miguel, especialmente depois de ser ter aqui realizado uma das etapas do Red Bull Cliff Diving

Ilhéu Vila Franca, São Miguel | Locais a não perder nos Açores

9. Algar do Carvão (Ilha Terceira)

O Algar do Carvão, uma das 7 Maravilhas de Portugal, está localizado no interior de um cone vulcânico com cerca de 90mt de altura, na caldeira Guilherme Moniz. Foi a primeira cavidade vulcânica a ser aberta a visitas em 1968, sendo considerada uma das mais impressionantes do arquipélago. Situada a 583 mt de altitude, o algar termina numa lagoa de águas cristalinas, alimentada pela água das chuvas. 

Algar do Carvão, Ilha Terceira | Locais a não perder nos Açores
Créditos: Flickr

8. Miradouro Serra do Cume (Ilha Terceira)

Do topo da Serra do Cume, na Ilha Terceira, encontram uma vista incrível sobre os campos agrícolas da ilha, que se assemelham a uma manta de retalhos quando vistos de cima. Sugiro que a visita ao Miradouro seja feita por altura do pôr do sol para uma vista ainda mais encantadora.

Miradouro da Serra do Cume, Ilha Terceira | Locais a não perder nos Açores



7. Poço da Ribeira do Ferreiro (Ilha das Flores)

O Poço da Ribeira do Ferreiro (também conhecido como Alagoinha), na Ilha das Flores, é um local mágico, de uma tranquilidade enorme, onde dezenas de cascatas caem das encostas das montanhas que rodeiam uma lagoa. Para lá chegarem terão de estacionar o carro junto à estrada, no parque de estacionamento que lá existe, e fazer o resto do caminho a pé. Levem uns bons sapatos de caminhada. O caminho não é dificil, mas tem muitas pedras, e ainda demora uns 15 a 20 minutos a percorrê-lo na totalidade.

Poço da Ribeira do Ferreiro, Ilha das Flores | Locais a não perder nos Açores

6. Caldeirão (Ilha do Corvo)

A Ilha do Corvo é a ilha mais pequena do arquipélago dos Açores, mas não é isso que lhe tira a sua beleza. É aqui, no Monte Gordo, que se encontra o Caldeirão, uma ampla cratera vulcânica com 3400 mt de perímetro e 300 mt de profundidade, com uma lagoa no seu interior. 

Caldeirão, Ilha do Corvo | Locais a não perder nos Açores

5. Vulcão dos Capelinhos (Ilha do Faial)

É impossível não se sentir uma energia diferente ao visitar o Vulcão dos Capelinhos, na Ilha do Faial. Esta zona inóspita teve origem na erupção do Vulcão que decorreu entre 1957 e 1958. Visitá-la hoje é descobrir uma extensa terra negra, marcada pelo farol que ali se mantém como vestigio de tempos pré-erupção.  Por ser um dos locais que mais me fascinou, não poderia deixar de inseri-lo nesta lista dos locais a não perder nos Açores. 

Vulcão dos Capelinhos, Ilha do Faial, Açores

4. Praia Formosa (Ilha de Santa Maria)

Quando eu achava que só iria encontrar praias de areia escura no Açores, eis que surge a Praia Formosa, na Ilha de Santa Maria. Com um areal branco e águas cristalinas e amenas, não há como não considerar esta praia como um dos locais mais bonitos do arquipélago dos Açores. É aqui que se realiza também todos os anos o festival de música Maré de Agosto, que conta com alguns dos maiores nomes da World Music. 

3. Lagoa das Sete Cidades (Ilha de São Miguel)

São várias as lagoas vulcânicas que se podem encontrar na Ilha de São Miguel mas para mim a mais bonita continua a ser a Lagoa das Sete Cidades. Localizada no topo da Caldeira das Sete Cidades, este lago de água doce ocupa uma extensão de 4,3 km e uma profundidade de 33 metros. Apesar de ser apenas uma lagoa, as suas águas apresentam cores distintas, pelo que lhe foram atribuidos os sub-nomes de Lagoa Verde e Lagoa Azul. 

Lagoa das Sete Cidades, Ilha de São Miguel | Locais a não perder nos Açores

2. Montanha do Pico (Ilha do Pico)

A Montanha do Pico é, sem dúvida, a maior atração da Ilha do Pico. A subida (e descida) ao topo da montanha atrai milhares de visitantes todos os anos que ali acorrem quer por uma necessidade de testarem os seus limites, quer pela ideia de terem a incrível experiência de verem o nascer do sol num local único.

Montanha do Pico, Ilha do Pico | Locais a não perder nos Açores

1. Fajã da Caldeira de Santo Cristo (Ilha de São Jorge)

A Fajã da Caldeira de Santo Cristo foi o local que mais gostei de visitar na Ilha de São Jorge. Recomendo a caminhada com origem na Serra do Topo, que oferece vistas sem igual e uma experiência única para todos os amantes da natureza. Lá em baixo, o mar forte oferece as melhores condições para desportos aquáticos e a lagoa é o habitat das suas famosas ameijoas.

Fajã da Caldeira de Santo Cristo, Ilha de São Jorge | locais a não perder nos Açores


Gostaste do artigo? Então não te esqueças de deixar um comentário abaixo e de seguires o Joland através do Instagram e Facebook!

Este artigo poderá conter links de afiliados.

➪ Planeia a tua viagem com estes links úteis

Alojamento:
Para reservas de alojamento uso sempre o Booking ou o AirBnb.

Reservar Voos:
Para encontrares os melhores voos para as tuas viagens recomendo o Skyscanner.

Seguro de Viagem:
Para te manteres segura em viagem recorre aos seguros da IATI Seguros* ou da World Nomads
* aproveita o desconto de 5% nos seguros da IATI ao reservares através do link acima

Tours e Atividades:
Para reserva de tours e atividades em vários destinos recomendo a Get Your Guide

Alugar Carro:
Para alugar carro uso sempre a Rentalcars.com

Transportes
Para compra de bilhetes para transportes na Ásia recomendo o 12go.asia ou o Baolau

%d bloggers like this: