O que fazer na Tailândia: as 4 bases da cultura tailandesa

Quem costuma seguir o Joland, quer aqui no blog, quer nas redes sociais, já conhece por esta altura a minha paixão pelo Sudeste Asiático e, em particular, pela Tailândia, país que visitei já cerca de 4 vezes e ao qual não me canso de voltar.

A beleza das suas paisagens, a simpatia do povo tailandês, os sabores inconfundíveis da sua gastronomia, a sua forma de estar harmoniosa assente no Budismo (a única religião que me diz alguma coisa), e os seus costumes e tradições milenares não deixam de me surpreender e encantar cada vez que lá vou.

Quando dou dicas a alguém sobre o que fazer na Tailândia, estas acabam sempre por assentar sobre os 4 grandes elementos-base da cultura tailandesa: a gastronomia, a religião, a massagem tailandesa e o Muay Thai, para além, obviamente, das suas paisagens naturais. De facto, se a ideia é conhecer verdadeiramente o país, não há como planear uma viagem à Tailândia sem incluir um pouco de cada um destes elementos.

Neste artigo dou-te a conhecer um pouco sobre cada uma destas bases da cultura tailandesa para que saibas o que fazer na Tailândia quando finalmente a visitares. Entretanto, caso queiras saber onde poderás experienciar (ou recordar) a cultura tailandesa em Portugal, visita o Sawasdee Portugal, um site recentemente lançado pela Embaixada da Tailândia, onde encontras listas de vários restaurantes, casas de massagem tailandesa, ginásios de Muay Thai e um templo budista, localizados de norte a sul do país.

Night Market em Phuket, Tailândia
Mercado noturno em Phuket

O que fazer na Tailândia

1. Gastronomia | Descobrir os inesquecíveis sabores tailandeses

Não me lembro de ter conhecido alguém que tenha voltado da Tailândia e não tenha referido a gastronomia local como um dos pontos que mais gostou no país. Na minha lista de pratos preferidos de sempre encontram-se pelo menos dois pratos tailandeses: o popular Pad Thai e o Khao Soi, este último bastante típico na zona de Chiang Mai, no norte da Tailândia.

Pad Thai - Pratos típicos da Tailândia
Pad Thai

Na gastronomia tailandesa, influenciada pelos sabores portugueses, chineses, e pela comida Halal, encontras sempre um equilibrio harmonioso dos quatro sabores: o salgado, o doce, o ácido e o picante. A malagueta, a raíz de galanga, a erva-príncipe, as folhas de lima-kaffir, o leite de coco e a lima são alguns dos ingredientes que não podem faltar na comida tailandesa, em especial nos seus deliciosos caris. No Pad Thai, por exemplo, o tamarindo e o açúcar de palma são essenciais.

Em Portugal encontras vários restaurantes, de norte a sul, onde poderás desfrutar dos melhores sabores tailandeses. Visita a lista aqui.

2. Budismo | Explorar a tranquilidade dos templos budistas

Apesar de existirem zonas na Tailândia onde domina a religião islâmica, o Budismo, assente nos princípios da generosidade, virtude, bondade e sabedoria, é a religião mais praticada no país, por cerca de 95% da população.

Em toda a Tailândia encontras uma grande quantidade de templos budistas, desde os mais simples aos mais impressionantes, como por exemplo os templos Wat Pra Kaew, Wat Arun e Wat Pho, todos em Bangkok, caracterizados pelas suas imponentes estupas douradas.

Bangkok
Templo Wat Pho em Bangkok, Tailândia

Em Ayutthaya, uma localidade a cerca de 1 hora de distância de carro de Bangkok, encontras as ruínas da antiga capital do reino de Sião e os seus vários vestígios de templos budistas, como a famosa cabeça de Buda “comida” pelas raízes de uma árvore milenar.

Perto da Ericeira, aqui mesmo em Portugal, encontras o Mosteiro Budista Sumedharama, aberto a hóspedes e visitantes que queiram contactar diretamente com os principios do Budismo.

3. Massagem Tailandesa | Desfrutar dos benefícios de uma massagem milenar

Sempre que vou à Tailândia não perco a oportunidade de fazer uma massagem tailandesa. Depois de dias de longas caminhadas ou horas de viagens muito pouco confortáveis em autocarros ou mini-vans locais, não há nada que me tire a tensão e as dores como uma boa massagem tailandesa.

Com mais de 2500 anos de existência, a massagem tailandesa tem como objetivo o alívio da dor através do uso da força e de técnicas de alongamento. Tira por isso da cabeça aquela ideia de uma massagem levezinha e relaxante. Relaxa sim, mas depois, porque durante a massagem vês o teu corpo a ser manuseado de formas que não achavas possível. A técnica, que incide sobre os músculos, os nervos e os tendões, permite a melhoria da circulação sanguínea, o aumento da flexibilidade e até o tratamento de insónias.

O que não falta na Tailândia são casas de massagem, pelo que terás muito por onde escolher. Se quiseres experimentar uma massagem tailandesa em Portugal, visita um dos espaços membros da Thai Massage Association in Portugal, onde encontras terapeutas certificadas que te garantem a melhor experiência.

4. Muay Thai | Assistir a um combate do principal desporto tailandês

Em 2014 assisti pela primeira vez a um combate de Muay Thai em Chiang Mai, no norte da Tailândia. Adorei a experiência, tanto pelos combates em si, em que participavam homens, mulheres e crianças, como pelo ambiente elétrico que se vivia no espaço onde decorriam.

Com 800 anos de tradição, o Muay Thai começou como arte de guerra no Sudeste Asiático, sendo hoje o principal desporto na Tailândia, o primeiro país a criar as suas respetivas regras de combate. Aqui vale tudo menos dar cabeçadas, pegar no adversário e derrubá-lo ou bater no chão. A cortesia está sempre presente com o Wai Khru, um ritual de agradecimento e respeito para com os professores/treinadores, a decorrer obrigatoriamente sempre antes de cada combate.

Apesar de poderes assistir a combates de Muay Thai de norte a sul do país, o melhor local na Tailândia para o fazer é em Bangkok, considerada a capital deste desporto. Se por acaso já te tiver passado pela cabeça praticar Muay Thai, ficarás satisfeita por saber que o poderás fazer aqui mesmo em Portugal, em pelo menos 3 ginásios localizados em Lisboa, no Porto e em Mafra.


Agora que já conheces as 4 bases da cultura tailandesa, só te falta mesmo experimentar por ti mesma. A boa notícia é que a partir do dia 1 de novembro de 2021, a Tailândia reabre as suas fronteiras a turistas vacinados de vários países, onde se inclui Portugal. Isto significa que, desde que estejas vacinada, poderás visitar a Tailândia sem necessidade de quarentena. Boas viagens!

Para mais dicas úteis, fotos e videos, acompanha as minhas viagens através  do Instagram e Facebook.

Este artigo poderá conter links de afiliados.

PLANEIA A TUA VIAGEM COM ESTES LINKS ÚTEIS

Alojamento:
Para reservas de alojamento uso sempre o Booking ou o AirBnb.

Voos:
Para encontrares os melhores voos para as tuas viagens recomendo o Jet Radar

Seguro de Viagem:
Para te manteres segura em viagem recorre aos seguros da IATI Seguros (desconto de 5%) ou da World Nomads 

Tours e Atividades:
Para reserva de tours e atividades em vários destinos recomendo a Get Your Guide ou a Viator

Alugar Carro:
Para alugar carro uso sempre a Rentalcars.com

Transportes:
Para compra de bilhetes para transportes na Ásia recomendo o 12go.asia ou o Baolau

Maria João Proença

Nascida e criada em Lisboa, Portugal, mas apaixonada pelo mundo. Adoro partilhar as minhas histórias de viagem, fotografias e videos e aconselhar e inspirar quem partilha a mesma paixão pelas viagens!

Gostaste do artigo? Deixa aqui o teu comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.