Chiang Mai é a segunda maior cidade da Tailândia e um dos seus destinos mais interessantes, principalmente pelo seu ambiente descontraído e pelo facto de ser um dos principais pólos culturais do país.

Não deixa de ser uma cidade cosmopolita, com os mesmos contrastes verificados em Bangkok a nível de tradição Vs modernidade, mas aqui existe uma sensação de estarmos num ambiente mais autêntico e genuíno e onde a ideia da Tailândia ser a “Terra dos Sorrisos” se comprova a toda a hora. É sem dúvida um destino que não pode faltar num roteiro de viagem pela Tailândia.

Este Guia de Viagem tem como objectivo dar-te dicas úteis para poderes planear da melhor forma a tuaviagem a Chiang Mai


Localização

Chiang Mai está localizada no Norte da Tailândia, a cerca de 800 kms de Bangkok, numa zona montanhosa com florestas de densa vegetação.


Como chegar a Chiang Mai

Chiang Mai pode ser acedida a partir de Bangkok através de comboio (12 horas de viagem), autocarro (11 horas de viagem) ou avião (voo de 70 minutos). Tanto a viagem de comboio como a viagem de autocarro poderão ser feitas durante a noite, sendo estas as melhores opções de forma para poderes poupar uma noite de alojamento num hotel, aproveitando assim também o dia apenas para visitar os locais não o desperdiçando em viagens.

Para info mais detalhada lê:
Como chegar a Chiang Mai

Chiang Mai


 Alojamento em Chiang Mai

A zona central da cidade chamada “Old Town” é o coração e o principal centro turístico da cidade. É aqui que se encontram uma série de alojamentos para vários budgets, de Hostels para orçamentos mais apertados até hotéis mais upscale. Dependendo do tipo de alojamento escolhido, os valores poderão ir dos €2 por noite (sim, leste bem: €2!), até aos €800 por noite. Os alojamentos intermédios estarão dentro do intervalo de €15 a €40 por noite em quarto individual.

Para estadias mais longas, a moderna zona de Nimman, a 10 minutos de carro/mota do centro, poderá ser uma boa opção, disponibilizando aqui apartamentos totalmente equipados e muito confortáveis por valores tão baixos como €16 por noite. 

Para info mais detalhada lê:
Alojamento em Chiang Mai

Chiang Mai


 O que fazer em Chiang Mai

A cidade é rica em templos e outros locais de celebração religiosa, que se encontram espalhados por toda a cidade e que vale a pena visitar, mas também em actividades de aventura mais ligadas à Natureza como trekkings na floresta que rodeia a cidade, mergulhos de falésias no Grand Canyon ou zip-liningOs vários originais cafés espalhados pela cidade assim como o Parque da Cidade também são excelentes opções para ocupar o tempo. Não te faltará o que fazer, isso de certeza! 

Para info mais detalhada lê:
O que fazer em Chiang Mai


 O que comer e onde comer em Chiang Mai

O que não falta nesta cidade, como em tantas outras cidades da Tailândia, são locais para matar a barriga de miséria com a deliciosa comida asiática. Desde as mais humildes bancas de comida de rua, a restaurantes típicos em cada esquina até restaurantes e cafés mais sofisticados e modernos.

Alguns pratos mais conhecidos como o Pad Thai (o prato típico e oficial da Tailândia), ou o Fried Rice with Chicken (arroz frito com galinha) fazem parte de todos os menus desta cidade, mas alternativas como o  Khao Soi ou o Massaman Curry não podem faltar do cardápio durante uma visita a Chiang Mai. Se não és grande fã de picante, então não te esqueças de dizer as palavras mágicas: “no spicy“!

Chiang Mai


 Transportes em Chiang Mai

É bastante fácil movimentarmos-nos na cidade e apesar de não existirem autocarros públicos ou metro, existem várias outras opções de transportes, como o Tuk Tuk, o Songthaew, os tradicionais táxis, ou em alternativa, o aluguer de bicicletas ou motas nas inúmeras lojas espalhadas por toda a cidade, sendo que muitos hotéis já disponibilizam bicicletas de forma gratuita.

Para info mais detalhada lê:
Transportes em Chiang Mai

Chiang Mai


 

Para mais dicas úteis, fotos e videos, acompanha as minhas viagens através  do Instagram e Facebook.

Este artigo poderá conter links de afiliados.

PLANEIA A TUA VIAGEM COM ESTES LINKS ÚTEIS

Alojamento:
Para reservas de alojamento uso sempre o Booking ou o AirBnb.

Voos:
Para encontrares os melhores voos para as tuas viagens recomendo o Jet Radar

Seguro de Viagem:
Para te manteres segura em viagem recorre aos seguros da IATI Seguros (desconto de 5%) ou da World Nomads 

Tours e Atividades:
Para reserva de tours e atividades em vários destinos recomendo a Get Your Guide ou a Viator

Alugar Carro:
Para alugar carro uso sempre a Rentalcars.com

Transportes:
Para compra de bilhetes para transportes na Ásia recomendo o 12go.asia ou o Baolau

Maria João Proença

Nascida e criada em Lisboa, Portugal, mas apaixonada pelo mundo. Adoro partilhar as minhas histórias de viagem, fotografias e videos e aconselhar e inspirar quem partilha a mesma paixão pelas viagens!

26 Comentários

  1. Este post ficou bem organizado e útil. Ainda não estive na Ásia, mas só de pensar na comida e ver essas fotos desejaria que houvesse algum meio de teletransporte. 🙂

  2. Ainda não tive oportunidade de conhecer a Ásia, Nem nunca esteve no topo da minha lista, mas esta cidade parece-me imperdível. Parabéns pelas fotos e pelo Blog.

  3. Adoro a Ásia! Por mim visitava todos os países. Tailândia pode estar para breve e Chiang Mai parece um bom local por onde começar. Boas dicas e fotos. 😉

  4. Maria João acho que vou ter que colocar a Tailândia na listinha… 🙂 … . para ser sincera ainda não estava lá, mas o seu entusiasmo pelo país acho que me convenceu….ehehe… obrigada pelas dicas!

  5. Tailândia está no topo de minha lista de desejos, Sonho em conhecer a Tailândia desde os tempos em que treinem Muay Thai, quando tinha meus 16 anos, rsrsr. Apesar de o esporte ter ficado no passado, a vontade de conhecer este país continua. Ainda assim, não estudei nenhum roteiro e nem me aprofundei em cidades e passeios no país, mas lendo esta matéria, sinto que a cada dia que passa, tenho o dever de realizar este meu sonho, tão antigo.

  6. Adoro a Tailândia! Já lá estive duas vezes, inclusive as duas em Chiang Mai, e estou sempre com vontade de regressar. É um país magnífico para viajar e tem tudo o que um viajante pode pedir.

  7. Gostei muito do blog Maria João. Ainda não conheço a Asia, mas as fotos são maravilhosas. Está na minha lista claro, o único problema é que a lista é infinita!!! Acho que daqui uns anos quando meu filho estiver maiorzinho vai ser uma boa, ele tem 5 ainda, acho que seria complicado, alimentação e etc… Abraços, Renata

    • Obrigada Renata 🙂 Pois, a minha lista também cresce todos os dias, sei bem como é! Quanto ao pequenino, olha que pelo que eu tenho lido em blogs de casais que viajam com crianças, é capaz de não ser assim tão dificil quanto parece… 🙂

  8. Eu sei que não dá para ir a todo o lado… Mas Chiang Mai deixou-me um nó no estômago por não a ter podido visitar quando estive na Tailândia. Agora já fiquei a pensar ainda mais nisso, Maria João! Obrigadinho! 🙂 🙂

  9. Adorei as dicas. A Tailândia ainda esta na minha lista… Não vejo a hora de ver ao vivo… Adoro as cores, a comida amoooo, e aquele mar? Vai para o meu arquivo! Lindas fotos, parabéns!

    • Obrigada! 🙂 Tens de ir a Chiang Mai Ana, sem falta! Eu fui este ano pela segunda a vez, e fiquei 2 semanas. Adorei viver lá essas semanas 🙂

  10. Oi Maria João.. Ainda não conhecia o seu blog. Adorei! Também não conheço a Ásia, mas está nos meus planos para uma visita muito em breve. Seu blog vai me ajudar e muito no planejamento da viagem. Beijos =)

  11. Maria João, tudo bem? Adorei seu blog, dicas muito legais por aqui.
    Queria aproveitar para te fazer uma pergunta. Estou fazendo planos de ir para a Tailândia e Chiang Mai é uma das paradas por lá. Quantos dias seriam suficientes para conhecer a cidade e região? Estava pensando em 4 dias, é uma boa opção?

    • Olá Vivian! Obrigada 🙂 Sim, 4 dias parece-me o ideal. Dá para conhecer bem a cidade e para ver algumas coisas lá perto. Se precisares de mais dicas é só dizer!

  12. Olá Maria João: ainda não tive oportunidade de conhecer a Ásia. Há uns anos considerei essa possibilidade mas acabou por não se concretizar. Obrigada pelo guia e dicas. Serão úteis numa próxima oportunidade.

  13. Pesquisei um pouco sobre esses pratos, e parecem-me todos muito bem! No geral, a comida é muito picante? Ou sente-se o sabor mas não ficamos a chorar?

Gostaste do artigo? Deixa aqui o teu comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: