Como fazer a mala de viagem 

Fazer a mala de viagem nem sempre é uma tarefa fácil. Não queremos levar demasiadas coisas mas também não queremos que nos falte nada quando estamos do outro lado do mundo. Viajar com o mínimo de bagagem possível permite-te movimentares-te com maior facilidade, não pagar taxas desnecessárias de excesso de bagagem nos aviões e aproveitar mais a viagem sem andares com a casa atrás.

Aqui ficam algumas sugestões e dicas úteis sobre como fazer a mala de viagem para te ajudar nesta tarefa por vezes algo complicada.


Dicas úteis para fazer a mala de viagem

Escolhe roupa sem padrões ou com padrões simples

A ideia aqui é conseguirmos combinar o maior número de peças de roupa possível. Se optares por levar na mala de viagem roupas com padrões complicados é provável que as tuas opções fiquem um pouco limitadas. As roupas com padrões simples ou de cores únicas permitem variar a roupa que usas diariamente, permitindo reduzir a quantidade de peças na mala.

Calças largas e confortáveis

Leva sempre contigo pelo menos um par de calças largas e leves. Vão-te ser muito úteis em viagens longas de avião, assim como em determinados locais de culto religioso onde não te é permitido entrar de pernas à mostra.

Templo em Bagan, Myanmar | Como fazer a mala de viagem
Templo em Bagan, Myanmar

Um vestido para ocasiões especiais

É provável que durante a viagem possas ter a oportunidade de ir a um restaurante, bar ou outro local que exija uma indumentária um bocadinho mais cuidada. Por isso é sempre bom levares na mochila uma peça de roupa especial para estas ocasiões. Mas basta uma, nada de exagerar.

Não te esqueças do lenço / echarpe

Os lenços (ou écharpes) são bastante úteis em viagem. Podem ser usados para cobrir partes do corpo antes de entrares em locais de culto, para usares na rua quando o frio aperta ou até em transportes públicos onde muitas vezes o ar condicionado está programado para temperaturas quase árticas.

Entrada no templo em Mingun, Myanmar | O que levar na mochila para uma viagem longa
Templo em Mingun, Myanmar

Calma com as tshirts/tops

Não é necessário levares na mala de viagem um top ou uma t-shirt para cada dia da semana. Como referido acima, é sempre bom levares peças de padrões simples que te permitam fazer mais combinações. E mesmo que se trate de uma viagem mais longa, basta levares umas 4 ou 5 peças que poderão ser lavadas à medida que vão sendo necessárias.

Um fato de banho faz sempre falta

Se estivermos a falar de um destino de praia, é óbvio que esta peça é absolutamente fundamental. Mas mesmo que não esteja nos teus planos uma ida à praia, piscina ou algo do estilo, é sempre bom levar esta peça na mochila. Nunca se sabe quais as surpresas que te aguardam durante a viagem. Podes de repente ouvir falar ou dar de caras com uma lagoa, piscina ou cascatas paradisíacas e a pior coisa seria não poderes aproveitar o momento a 100% por não teres o teu fato de banho contigo.

Palawan, Filipinas | Como fazer a mala de viagem
Filipinas

Roupa interior para uma semana

Não há necessidade de levares trinta peças de roupa interior na mala. Se a viagem tiver uma duração superior a uma semana, basta levares o suficiente para 5 a 7 dias e ires lavando à medida que achares necessário. Apesar de serem peças de roupa normalmente pequenas, sempre ocupam espaço.

Um casaco ou sweat shirt para os dias mais frios

Um truque para não teres de levar roupa volumosa na mochila consiste em vestires várias camadas de roupa quando o frio aperta. No entanto, é sempre bom levares pelo menos um casaco ou uma sweat-shirt para situações pontuais.

Ilha Terceira, Açores
Ilha Terceira, Açores

Toalha microfibras

Uma toalha microfibras é uma peça bastante útil e prática, principalmente porque tem pouco peso e ocupa um espaço reduzido na mala de viagem. Nem todos os alojamentos oferecem o uso de toalhas de banho. E no caso de viagens noturnas de comboio por exemplo, ter uma toalha à mão será bastante útil caso queiras lavar  a cara ou os dentes. Para além do reduzido peso e volume, também secam muito rapidamente.

Uma Canga/ Pareo dá sempre jeito

É óptimo para usar na praia ou piscina como toalha, por ser leve e ocupar pouco espaço. Para além disso só precisas de enrolá-lo à volta do corpo (da maneira que preferires) para passar a ser um fantástico vestido de praia ou uma saia.

São Tomé e Principe
São Tomé

Um par de calças mais robustas

Para além de umas calças mais leves e largas (referidas acima), convém também levares na mochila umas calças um bocadinho mais robustas para ocasiões em que venhas a passar algum tempo em zonas com temperaturas mais baixas, ou a andar no meio da natureza. As calças protegem-te das picadas dos mosquitos e de eventuais arranhadelas causadas pela vegetação.

Calções para os dias mais quentes

Confesso que nas minhas viagens  ando quase sempre de calções e levo uns dois pares que vou lavando sempre que necessário. São práticos e deixam as pernas respirar. No entanto, certifica-te que os calções que levas têm um comprimento de pernas razoável. Regra geral, por uma questão de segurança pessoal e também de respeito para com a cultura local, convém não andares com calções demasiado curtos. 

Mercado antigo de São Tomé | Como fazer a mala de viagem
São Tomé

Impermeável para evitares molhas

Aqui falo de dois tipos de impermeáveis: um para vestir, que basicamente é um pedaço de plástico com um capuz para não seres apanhada de surpresa no meio de uma chuvada repentina, e o o outro é para a tua mochila ou mala de viagem. Normalmente as boas mochilas já trazem este impermeável escondido numa bolsa, mas se a tua não tiver, aconselho-te a juntá-lo à tua lista dos itens a incluir na tua mala de viagem.

Bom calçado para caminhada

Se fores do estilo aventureiro vais colocar na tua checklist um bom trekking por montanhas ou selva. Para evitar que o passeio seja arruinado por dores nos pés,  sugiro que invistas num bom par de botas/sapatos de caminhada. Para destinos com climas mais quentes ou amenos recomendo os Merrell Waterpro Maipo 2 que são extremamente leves, frescos e com uma sola aderente a todos os tipos de solo. Para além disso são resistentes à água e secam rapidamente. 

Sapatos de caminhada Merrell | Como fazer a mala de viagem
Os meus Merrell Waterpro Maipo 2

Arma-te em McGyver com fita adesiva grossa

A fita adesiva grossa tem imensas utilizações possíveis. Seja para tapar um buraco numa tenda, remendar a mochila ou mala de viagem ou até para ajudar a lavar a roupa quando não existe nenhuma lavandaria à volta. Dica: lava o lavatório do wc, seca-o e coloca um pedaço de fita grossa a tapar o ralo. Depois é só encheres o lavatório, juntar detergente ou sabão e lavar a roupa.

Chinelos/ sandálias para deixar o pé respirar

Este item é fundamental, especialmente em destinos com climas mais quentes. Confesso que nas minhas caminhadas de descoberta pela cidade ando sempre de sandálias. Deixam sair o calor, o pé fica mais à vontade e são mais fáceis de calçar ou descalçar em pouco tempo. Mas é importante que te lembres, caso as tenhas comprado especialmente para a viagem, de usá-las durante algum tempo antes de partires. Aquelas feridas nos pés causadas por sapatos novos podem estragar-te a viagem.

Cartagena, Colombia
Cartagena, Colombia

Sacos individuais para organizar a roupa

Este é um conselho bastante útil para poupar espaço na mochila ou mala de viagem e não chegares ao destino com a roupa toda amarrotada. Divide a roupa por tipos (calções + calças / écharpes + casacos / tshirts + tops, etc), junta-a e enrola-a, guardando cada conjunto de tipo de roupa em sacos individuais. Vais ver que quando precisares de tirar uma peça específica não vais precisar de tirar tudo de dentro da mala (apenas o saco correspondente) e a peça vai ter pouquíssimos ou nenhuns vincos. 

Kit de primeiros socorros

Um kit de primeiros socorros e alguns medicamentos-chave é algo essencial quando pensamos em fazer a mala de viagem . Este kit deverá conter analgésicos, anti inflamatórios, antibióticos (que te são receitados na Consulta do Viajante), um termómetro, pensos rápidos, desinfectante, ligaduras, fita adesiva e um anti-diarreico como o Imodium por exemplo. É algo que não ocupa muito espaço na mochila e que pode evitar que pequenos problemas te venham a estragar a viagem.

Kit de primeiros socorros

Adaptador de tomada

Este é um item extremamente útil quando vamos para países com tomadas eléctricas diferentes das que usamos aqui em Portugal. O ideal será comprares um adaptador de tomada que inclua múltiplas opções de tomadas, adaptando-se a qualquer país.

Espero que estas dicas te sejam úteis na hora de fazeres a tua mala de viagem! Que tipo de viajante costumas ser? Mais minimalista ou daqueles que não consegue evitar trazer a casa atrás, com medo de se esquecer de alguma coisa? 

Gostaste do artigo? Então não te esqueças de deixar um comentário abaixo e de seguires o Joland através do Instagram e Facebook!

Este artigo poderá conter links de afiliados.

➪ Planeia a tua viagem com estes links úteis

Alojamento:
Para reservas de alojamento uso sempre o Booking ou o AirBnb.

Reservar Voos:
Para encontrares os melhores voos para as tuas viagens recomendo o Skyscanner.

Seguro de Viagem:
Para te manteres segura em viagem recorre aos seguros da IATI Seguros* ou da World Nomads
* aproveita o desconto de 5% nos seguros da IATI ao reservares através do link acima

Tours e Atividades:
Para reserva de tours e atividades em vários destinos recomendo a Get Your Guide

Alugar Carro:
Para alugar carro uso sempre a Rentalcars.com

Transportes
Para compra de bilhetes para transportes na Ásia recomendo o 12go.asia ou o Baolau

Autor

Nascida e criada em Lisboa, Portugal, mas apaixonada pelo mundo. Adoro partilhar as minhas histórias de viagem, fotografias e videos e aconselhar e inspirar quem partilha a mesma paixão pelas viagens!

%d bloggers like this: