Como planear uma viagem de forma independente

Uma das primeiras dúvidas e preocupações para quem pensa em fazer uma viagem a solo para o outro lado do mundo está relacionada com o próprio planeamento da viagem. Sem uma boa preparação podemos ver uma viagem estragada ou não a aproveitar tão bem como poderíamos. Com este artigo espero conseguir dar-te uma ajuda através da referência aos vários passos necessários para planear uma viagem de forma independente, para onde quer que seja!


1| Pesquisar e escolher o destino

Planear uma viagem

O primeiro passo de todos para planear uma viagem não poderia deixar de ser a escolha do destino em si. Aqui, existem vários factores que tens de ter em conta como:

  • As tuas preferências pessoais (és mais de campo, de cidade, ou gostas é de ficar esparramada na areia intervalando apenas com um mergulho para refrescar? Gostas de conhecer culturas completamente diferentes das tuas ou preferes jogar pelo seguro?);
  • O tempo que tens disponível para a viagem (1/2 semanas ou 1 mês ou mais é algo completamente diferente que altera por completo o leque de destinos disponíveis de forma a aproveitares ao máximo a viagem);
  • O budget disponível (o budget que tens disponível poderá ser um factor determinante na escolha entre uma viagem ao Sudeste Asiático ou à Nova Zelândia, por exemplo, ou até a nível da própria duração da viagem.)

Depois de considerados todos estes factores, há que pesquisar, pesquisar e pesquisar mais um bocadinho, em blogs de viagens, grupos no Facebook por exemplo, fóruns de viagens e falar com outros viajantes que têm sempre dicas preciosas para partilhar.


2| Procurar e comprar voos

Planear uma viagem

Destino escolhido? Óptimo! Então vamos lá oficializar a coisa. O passo seguinte passa pela pesquisa de voos, que sugiro que seja feita com alguma antecedência. Esta pesquisa poderá ser feita através das seguintes plataformas:

– Motores de busca de voos (estes websites ou apps permitem-te visualizar as datas com voos mais baratos, oferecendo sempre várias opções para o mesmo voo através de companhias aéreas ou agências online)

– Websites ou Apps de Voos last minute (estes websites ou apps mostram-te tarifas de voos, por vezes surreais! Podem ser promoções reais ou apenas erros de tarifa que tu poderás aproveitar.)

– Websites das companhias aéreas (nos websites das companhias poderás encontrar promoções pontuais para vários destinos)

– Newsletters das companhias aéreas (inscreve-te nas newsletters através dos websites das várias companhias para te manteres sempre a par de promoções especiais)


Vê o artigo Dicas úteis para comprar voos baratos para informações mais detalhadas.


3| Tratar dos vistos

Planear uma viagem

O próximo passo do processo de planear uma viagem consiste em tratares dos vistos para poderes entrar no país de destino. Para isso é necessário que faças uma pesquisa prévia e que, de preferência, consultes a Embaixada do respectivo país para te certificares se tens ou não isenção do visto e que documentos e procedimentos são necessários para o conseguires. Existem vistos que podem ser tratados online antes da partida, outros que poderão ser obtidos à chegada e outros que só poderão ser adquiridos junto de Embaixadas ou Consulados dos respectivos países.


Vê o artigo Vistos de Turismo por país | Sudeste Asiático, caso tenhas como destino esta zona do mundo.


4| Consulta do viajante

Planear uma viagem

Arruinares a viagem da tua vida simplesmente porque achas que as desgraças só acontecem aos outros é uma parvoíce. Por isso, faz questão de não saltares este ponto e marca uma Consulta do Viajante com uma antecedência mínima de pelo menos 4 semanas à tua partida. Nesta consulta, um médico especialista dar-te-á conselhos preciosos sobre as vacinas e precauções a ter dependendo do teu destino.

Para mais informações sobre este assunto visita um destes websites:


 5| Seguro de Viagem

Planear uma viagem

Este é outro ponto que muitas pessoas saltam, pela mesma razão referida no ponto acima. Imagina que por alguma razão perdes o teu voo, a tua bagagem é extraviada, te roubam tudo o que tens, tens um acidente e tens de ser hospitalizada… (não tudo ao mesmo tempo, credo…). O que fazes? Com um seguro de Viagem tens todas as despesas cobertas e o que poderia tornar-se num problema gravíssimo, torna-se em algo facilmente ultrapassável.

Um dos melhores Seguros de Viagem Internacionais que por aí andam é o da World Nomads. Clica no link para fazeres já uma simulação para a tua viagem, ou usa a caixa abaixo.

Para mais informação vê o artigo: Seguro de viagem | Vantagens, Coberturas e Simulação.


 6| Pesquisar info sobre o destino

planear uma viagem

Burocracias e precauções a nível de saúde tratadas? Ok, hora então de planeares a tua viagem para que depois não voltes para casa com a sensação que podias ter visto e feito muito mais. Passa os teus dias a pesquisar online, a ler guias de viagem, a falar com outros viajantes, a participar em Fóruns. Faz questão de saíres o mais bem informada possível dessas pesquisas de forma a poderes planear ao máximo as tuas aventuras pelo Mundo.

Em grupos no Facebook como por exemplo o Mulheres ViajantesViajantes Independentes ou outros relacionados especificamente com o teu destino de eleição, poderás colocar questões específicas ou seguir outras já colocadas por membros do Grupo em questão.

Ah e claro, vai-te mantendo a par do Joland, porque o que não faltarão são dicas e novidades fresquinhas para te ajudar a planear uma viagem. Qualquer outra dúvida, dispõe, se puder ajudar, ajudo! 🙂


 7| Marcar alojamento

Planear uma viagem

No meu caso específico e especialmente quando tenho um tempo reduzido de viagem de 2 a 3 semanas, prefiro marcar pelo menos as primeiras noites nos vários locais por onde sei que vou passar. No entanto, caso estejas a planear uma viagem de maior duração, marcar logo as estadias poderá limitar a tua liberdade durante a viagem, já que nalguns casos, caso decidas cancelar uma reserva poderás perder parte ou a totalidade do dinheiro já pago.

Links para reserva de alojamento:

Um dos websites mais conhecidos no mundo inteiro pela facilidade que oferece na procura de alojamento permitindo comparação de preços entre hotéis, informações detalhadas sobre cada propriedade e reviews por parte de outros hóspedes.

Um site que permite o aluguer de casas particulares. É uma boa forma de encontrarmos alojamento que nos permite um maior conforto e contacto com a cultura local. Inscreve-te no website através do link acima referido para receberes já €31 para usares na tua primeira estadia através do Airbnb (a tal “Mary” que é referida na página sou eu, não estranhes!) 🙂


Vê este artigo com info mais detalhada: Como e onde reservar alojamento


 8| Fazer a mala

Planear uma viagem

O próximo desafio passa por conseguires enfiar tudo o que achas que vais precisar para a tua aventura dentro da mala ou mochila. Lembra-te sempre que não precisas de muito e que o ideal é viajar de forma mais leve possível. Nada de peso desnecessário, podes sempre comprar coisas de que necessites no destino, não vale a pena ires carregada que nem uma mula de carga!


Este meu artigo sobre “O que levar na mochila para longas viagens” poderá vir a ser-te bastante útil.


9| Ir

Planear uma viagem

Tudo tratadinho como deve ser? Já tens uma ideia de como planear uma viagem? Boa! Então vá, põe-te a caminho! Certifica-te que tens o passaporte contigo, pega na mochila/mala, diz “até já” aos amigos e família e põe-te a andar rumo a uma das experiências mais enriquecedoras da tua vida. 🙂

Já agora, este meu outro artigo com uma  “Lista de Essenciais para longas viagens de avião” também pode vir a dar jeito.


NOTA: Este artigo inclui links de afiliados que me permitem ganhar uma pequena comissão cada vez que os usas para uma reserva ou compra. Se achas as dicas do Joland úteis e/ou inspiradoras, então podes ajudar-me a mantê-lo online usando esses mesmos links. Tu não pagas nada a mais por isso e ajudas-me a poder continuar a ajudar-te no futuro. 🙂 É importante referir ainda que todos os serviços/ produtos/ websites que recomendo aqui no Joland já foram ou são usados por mim de forma regular nas minhas próprias viagens. Não recomendo nada em que não confie.

Nascida e criada em Lisboa, Portugal, mas apaixonada pelo mundo. Adoro partilhar as minhas histórias de viagem, fotografias e videos e aconselhar e inspirar quem partilha a mesma paixão pelas viagens!