Visitar Évora: 12 locais imperdíveis na capital alentejana

O Alentejo tem um cantinho especial aqui dentro. Durante quase duas décadas visitei regularmente uma quinta que a minha família tinha perto da Vidigueira, no Baixo Alentejo, O Alentejo Central ficou, no entanto, sempre relegado para segundo plano, servindo apenas como ponto de passagem, à exceção de uma visita a Évora, andava ainda eu no liceu. 

O grande regresso aconteceu em 2021, numa escapadinha que me levou a Évora, Mourão e Monsaraz, e agora em março de 2022, num fim de semana a dois dedicado a Évora e Estremoz. O património histórico e cultural, as lojas, a gastronomia e a simpatia das suas gentes, marcou a certeza de um regresso sempre que tiver oportunidade. 

Neste artigo mostro-vos tudo o que me encantou e que devem visitar em Évora, aproveitando para vos dar algumas dicas úteis sobre alojamento e gastronomia local.


Porquê visitar Évora?

Riscar da lista mais um Património da Humanidade

Capital de distrito, Évora, em tempos conhecida por “Liberalitas Júlia”, tem uma história com mais de 5 milénios. O seu centro histórico, Património Mundial da UNESCO desde 1986, é não só um dos melhores preservados, como também o que alberga maior número de monumentos em Portugal. 

Descobrir a verdadeira alma alentejana

Um passeio pelas ruas de Évora é uma viagem de descoberta da alma e essências alentejanas. O casario branco, os candeeiros antigos, a herança árabe e as suas calçadas empedradas são alguns detalhes que respiram Alentejo.

Provar algumas das melhores iguarias alentejanas

Como capital de distrito, Évora está repleta de restaurantes fantásticos cujos menus oferecem alguns dos melhores pratos da gastronomia alentejana como as Migas de Espargos, os Secretos de Porco Preto ou a Sopa de Cação. À sobremesa há que incluir a famosa Queijada de Évora, o Pão de Rala e a Encharcada.

Deixar-se contagiar pela simpatia das suas gentes

O povo alentejano é, naturalmente, descontraído. E essa descontração vem acompanhada por uma simpatia que contagia qualquer pessoa. O melhor remédio para o mau-humor!


Como chegar a Évora

A melhor forma de chegar a Évora é de carro, seja próprio ou alugado. Desde Lisboa, a viagem leva cerca de 1h30, seguindo pelas autoestradas A2 e A6. É possível poupar algum dinheiro em portagens seguindo pela estrada N10 (estrada nacional), sendo no entanto o tempo de viagem aumentado para cerca de 3 horas.

Caso precisem de alugar um carro, recomendo que façam uma pesquisa no site Discover Cars, um portal que permite encontrar a melhor solução a nível de preço e qualidade, com descontos até 70%.


Onde ficar em Évora

Localizada a poucos metros de distância da Praça Giraldo, o coração do centro histórico de Évora, a Valeriana Exclusive Guesthouse é um daqueles alojamentos que dá gosto recomendar. Em tempos a residência de um casal de farmacêuticos locais, foi entretanto transformado numa elegante guesthouse decorada com vários itens antigos associados à área farmacêutica. 

Os quartos não têm, no geral, áreas muito generosas, mas servem perfeitamente como base para quem passa praticamente o dia todo na rua a passear. As camas são grandes e confortáveis e o pequeno-almoço, servido na sala principal da guesthouse, é delicioso. Ah, e tem estacionamento privativo gratuito. Querem melhor?

Outros bons alojamentos em Évora, perto do centro:

Alojamentos históricos em Évora, para uma estadia especial:


O que visitar em Évora

Praça do Giraldo

É o coração do centro histórico da cidade, e um dos locais de inclusão obrigatória para quem planeia visitar Évora. De facto, diz-se que todos os caminhos em Évora vão dar à Praça do Giraldo. 

À volta da fonte que ocupa lugar de destaque central na Praça, encontram-se vários tipos de comércio, incluindo o famoso Café Arcada, a centenária e maravilhosa livraria Nazareth e outras esplanadas. 

Templo Romano

É um dos ex-libris da cidade de Évora, também conhecido (erradamente) como Templo de Diana. As ruínas deste antigo templo romano, considerado um dos maiores e mais bem preservados da Península Ibérica, erguem-se imponentes no centro histórico de Évora.

Aproveitem para beber um café ou uma bebida fresca (naqueles dias de calor alentejano) na esplanada do Jardim Diana, enquanto admiram o Templo., ou para admirar a vista sobre a cidade no Miradouro que ali se encontra.

Largo do Conde de Vila Flor

Para além do Templo Romano, o Largo Conde Vila Flor é lar de vários outros edifícios históricos da cidade de Évora. Aqui encontra-se o Palácio Duques de Cadaval; a belíssima Igreja dos Loios conhecida pelos seus azulejos de tons azul e branco; o Museu de Évora; o Convento dos Loios, agora transformado em Pousada; e o Centro de Arte e Cultura. 

Catedral de Évora

Datada do início do século XIII, a Sé Catedral de Évora, cujo verdadeiro nome é Basílica Sé de Nossa Senhora da Assunção, é a maior catedral medieval de Portugal. Ao seu exterior imponente junta-se um interior que impressiona com uma decoração pouco ostentativa mas detalhes de grande riqueza. Poderão ainda subir ao terraço para admirar a vista do ponto mais alto da cidade e visitar o seu Museu de Arte Sacra.

Sé Catedral | Locais a visitar em Évora

Igreja de São Francisco

Local de descanso final do grande dramaturgo português Gil Vicente, a Igreja de São Francisco, fundada no século XII, é considerada por muitos como uma das mais bonitas e grandiosas igrejas portuguesas. Foi palco de várias cerimónias de grande importância histórica como o casamento de D. Pedro I com D. Constança Manuel. 

Interior da Igreja de São Francisco | Locais a visitar em Évora

Para além da Igreja em si, poderão ainda conhecer a famosa Capela dos Ossos, admirar a vista sobre a cidade do seu terraço, e visitar a sua exposição permanente de Arte Sacra e a coleção de Presépios nacionais e internacionais de vários artesãos. 

Capela dos Ossos

Há quem a ache assustadora, e há quem a ache fascinante. Localizada no interior da Igreja de São Francisco, a Capela dos Ossos foi construída no século XVII tendo sido usadas na sua construção cerca de 5000 caveiras humanas entre muitos outros ossos oriundos de várias sepulturas de cemitérios da cidade. 

Capela dos Ossos | Locais a visitar em Évora

Rua 5 de Outubro

Se nas vossas viagens ou passeios não resistem a trazer para casa uma ou outra recordação dos locais visitados, então há que juntar à lista dos locais a visitar em Évora, a Rua 5 de Outubro. Se o objetivo é adquirir souvenirs, o que não faltam aqui são lojas com vários tipos de artesanato local e outras peças artísticas originais. 

Jardim Público de Évora

O Jardim Público de Évora é um pequeno oásis verde localizado mesmo no meio do denso casario branco do centro da cidade. É o local perfeito para descansar um pouco, seja nos bancos de jardim com vista para o Coreto do século XIX e para os lagos, ou na esplanada do café que ali se encontra, cujas mesas se encontram quase sempre totalmente ocupadas pela população local.

Ruínas Fingidas 

Ainda no Jardim, por trás do Palácio de D. Manuel, encontram as Ruínas Fingidas, construídas com base em vários pedaços de outras ruínas que se encontravam espalhadas pela cidade. Habitadas por pavões que ali se passeiam sem pressa, as ruínas, apesar de falsas, fazem uma encantadora imagem romântica que merece, sem dúvida, uma visita. 

Igreja e Convento da Graça

Localizada no Largo da Graça e classificada como Monumento Nacional em 1910, a fachada quinhentista da Igreja da Graça não passa despercebida. Procurem as quatro figuras de granito que se encontram sentadas a segurar lanças de ferro. Estes são os famosos “Meninos da Graça”, construídos em representação dos primeiros mártires da Inquisição em Évora. 

Igreja da Graça | Locais a visitar em Évora

Termas Romanas

Dentro do edifício da Câmara Municipal de Évora, na sua parte mais antiga, encontram-se as ruínas de umas antigas termas romanas, datadas dos séculos II e III, descobertas durante as escavações de 1987.

Termas romanas | Locais a visitar em Évora

Cromeleque dos Almendres

Não fica em Évora, mas a cerca de 30 minutos de distância de carro, na freguesia de Nossa Senhora de Guadalupe. O Cromeleque dos Almendres é um dos maiores e mais importantes monumentos megalíticos do mundo. Embora não se saiba ao certo qual a sua função, presume-se que estivesse de alguma forma ligado à agricultura e pastoreio. A aura misteriosa que o envolve faz com que seja um local a visitar em Évora.

Cromeleque dos Almendres | O que visitar em Évora
Foto de Eduardo Lima em Pexels.com

Mapa de locais a visitar em Évora

Para mais dicas úteis, fotos e videos, acompanha as minhas viagens através  do Instagram e Facebook.

Este artigo poderá conter links de afiliados.

PLANEIA A TUA VIAGEM COM ESTES LINKS ÚTEIS

Alojamento:
Para reservas de alojamento uso sempre o Booking ou o AirBnb.

Voos:
Para encontrares os melhores voos para as tuas viagens recomendo o Jet Radar

Seguro de Viagem:
Para te manteres segura em viagem recorre aos seguros da IATI Seguros (desconto de 5%) ou da World Nomads 

Tours e Atividades:
Para reserva de tours e atividades em vários destinos recomendo a Get Your Guide ou a Viator

Alugar Carro:
Para alugar carro uso sempre a Discover Cars

Transportes:
Para compra de bilhetes para transportes na Ásia recomendo o 12go.asia ou o Baolau

Maria João Proença

Nascida e criada em Lisboa, Portugal, mas apaixonada pelo mundo. Adoro partilhar as minhas histórias de viagem, fotografias e videos e aconselhar e inspirar quem partilha a mesma paixão pelas viagens!

2 Comments

Gostaste do artigo? Deixa aqui o teu comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: