Roteiro de Escapadinha de 5 dias pelo Lago do Alqueva, Alentejo

Terra de vastas planícies, pores do sol dourados e momentos de tranquilidade absoluta, a zona que rodeia o Lago do Alqueva, no Baixo Alentejo, é um daqueles destinos de escapadinha perfeitos para quem procura fugir da rotina do dia-a-dia e relaxar num ambiente natural, sem artifícios, onde as tradições se mantêm firmes e os sabores locais se entranham nas nossas papilas de forma permanente.

Lago do Alqueva | Escapadinha pelo Alentejo

Passei muitos fins de semana da minha infância e juventude num monte localizado na zona do Baixo Alentejo. Mas só aprendi a realmente apreciá-lo passados mais de 15 anos quando lá comecei a ir em pequenas escapadinhas de fim de semana. A sua tranquilidade, paisagens bucólicas e autenticidade só são verdadeiramente apreciadas quando, após alguma experiência de vida, começamos a sentir necessidade de nos voltarmos a sentir em sintonia com os prazeres mais simples.

Neste artigo deixo-te um roteiro de 5 dias para uma escapadinha no Alentejo, centrado na zona do Alto Alentejo e Alqueva, repleto de dicas úteis para que possas aproveitar ao máximo o melhor que esta região tem para oferecer.



Itinerário da Escapadinha

O Alentejo está servido por excelentes acessos, independentemente da origem da viagem, pelo que a tua roadtrip terá sempre a garantia de conforto e segurança. Quem segue de carro na direção norte-sul, poderá apanhar a A2, seguindo depois pela A6 rumo a Évora. Quem chega vindo do sul do país, isto é, Algarve, o caminho faz-se pela A22, A2 e, finalmente, pelo IP2. 

Focado na zona do Alto Alentejo e do Alqueva, este roteiro terá como base as vilas de Arraiolos e Mourão, a partir das quais poderás explorar a zona envolvente. No total serão 5 dias, os mesmos que lá passei recentemente. Poderás, no entanto, adaptar o roteiro aos dias que tiveres disponível para esta escapadinha.

Destinos incluídos no roteiro:
  • Arraiolos
  • Montemor-o-Novo
  • Mourão
  • Monsaraz
  • Évora

Escapadinha no Alentejo: Dia 1 | Arraiolos

Terra de míticos tapetes, cuja origem data dos tempos da ocupação muçulmana, a vila de Arraiolos encanta quem a visita com o seu casario branco encaixado numa encosta e o seu fascinante castelo circular, imponentemente localizado no topo do Monte de São Pedro. Depois de fazeres o check-in no teu alojamento (vê abaixo uma lista de alguns dos melhores alojamentos em Arraiolos), está na hora de partires à descoberta do centro desta encantadora vila alentejana.

Arraiolos é uma vila facilmente percorrida a pé, mas caso prefiras fazê-lo em 2 rodas, aproveita para alugar uma bicicleta elétrica na loja E-Panther, na Praça da República. Os preços variam entre os €4 (1 hora) e os €24 (1 dia). O aluguer por ½ dia fica-te a €12.

Locais a não perder em Arraiolos (Dia 1)

✔ Jardim Público

Localizado na Praça da República, aqui encontras também um antigo coreto, revestido a azulejos, onde, em dias de festa, atua a banda filarmónica.

Coreto Arraiolos | Escapadinha pelo Alentejo
✔ Monumento à Tapeteira

Da autoria de Armando Alves, o Monumento à Tapeteira é, como o nome indica, uma homenagem à principal arte da vila.

Monumento à Tapeteira | Escapadinha pelo Alentejo
✔ Lojas de Artesanato

Se um dos teus objetivos é voltar para casa com uma dos lindíssimos tapetes de Arraiolos na mala, então a Rua Alexandre Herculano é um ponto de passagem obrigatório. Aqui encontram-se várias lojas que comercializam estes tapetes. 

Eu não resisti a entrar também numa loja encantadora que aqui se encontra, repleta de artesanato local como as típicas cadeiras de madeira e verga alentejanas e vários brinquedos “vintage” em madeira.

✔ Praça do Município

Nesta ampla Praça encontras algumas esplanadas, onde poderás aproveitar para descansar um pouco e beber algo fresco. É aqui que se encontra também o Pelourinho da vila, símbolo de justiça, datado do século XVI.

Onde ficar em Arraiolos

Em Arraiolos fiquei alojada no alojamento local Casas Caiadas (pontuação Booking 9.6). Encaixado no centro da vila, vale a pena pela sua decoração onde o branco predomina, excelente pequeno-almoço e terraço onde encontras uma pequena piscina para te refrescares nos dias de maior calor.

Deixo-te, no entanto, abaixo outras sugestões de alojamento igualmente boas, a uma curta distância do centro da vila.

Sugestão de restaurantes

Restaurante “O Alpendre”
O jantar terá de ser, obrigatoriamente, marcado pelos melhores sabores alentejanos. Sugiro vivamente que reserves com antecedência a tua mesa no acolhedor e pitoresco restaurante O Alpendre, e que vás com fome, já que seria uma pena não conseguires ter espaço no estômago para provar as deliciosas iguarias alentejanas que ali são confecionadas. 

Restaurante Alpendre | Escapadinha pelo Alentejo

Entre as cerca de 13 entradas que constam do menu, muitas das quais colocadas logo à partida em cima da mesa para aguçar o apetite, aproveita para provar a famosa Empada de Arraiolos, recheada com carne de galinha, toucinho e linguiça. 

A vasta seleção de vinhos, em exposição logo à entrada, é o complemento ideal para pratos como os Secretos de Porco Preto com Migas de Espargos. Guarda ainda um bocadinho de espaço para o famoso Pastel de Toucinho, uma das doçarias típicas da região, feito de toucinho, amêndoas, ovos e açúcar. Uma delicia. A simpatia do staff é também uma das grandes mais-valias deste restaurante.


Escapadinha no Alentejo: Dia 2 | Arraiolos, Montemor-o-Novo

Hoje será um bom dia para continuares a tua visita a alguns dos locais mais interessantes de Arraiolos. Depois de tomado um bom pequeno-almoço, aproveita o ar fresco matinal para partir à descoberta de mais alguns locais de interesse na vila.

Locais a não perder em Arraiolos (Dia 2)

✔ Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos

Localizado na Praça do Município, o Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos (em tempos o antigo Hospital do Espírito Santo)  dá-te a conhecer a sua fascinante história secular ao mesmo tempo que descobres como são feitos.

Ainda dentro do Centro, na sua pequena capela, é possível admirar as antigas tinturarias de pedra utilizadas pelos tapeteiros locais há mais de 4 séculos. A entrada tem o valor simbólico de €1 (ou €2 com áudio-guia)  e o Centro está aberto de terça-feira a domingo, a partir das 10h.

✔ Convento dos Lóios

Este antigo convento do século XVI, hoje convertido numa pousada histórica, está localizado a cerca de 1,2 km do centro da vila de Arraiolos. É possível visitar o seu interior, mesmo não estando alojado na Pousada.

✔ Castelo de Arraiolos

De arquitetura circular (um dos raros exemplos deste tipo de arquitetura a nível mundial), o Castelo de Arraiolos, cujas origens remontam ao século XIV, ergue-se no topo do Monte de São Pedro. O castelo em si não resistiu ao passar dos anos, sendo hoje possível explorar apenas as ruínas das antigas edificações, no entanto, as suas muralhas ainda se mantêm totalmente de pé. 

Castelo de Arraiolos | Escapadinha pelo Alentejo

No interior encontras ainda a mais antiga igreja de Arraiolos, a Igreja do Salvador, construída no século XIII. Se procuras uma vista sem igual sobre Arraiolos, o Castelo é, sem dúvida, o local ideal para ti.

Sugestão de restaurantes

Restaurante “A Ribeira”, Montemor-o-Novo
Para o almoço do segundo dia, sugiro que rumes em direção a Montemor-o-Novo, onde encontras o restaurante A Ribeira. Uma recomendação de uma habitante local de Arraiolos, que não desiludiu. 

Gerido pelo divertido Sr. Carlos Carriço, para além de petiscos imperdíveis como o choco frito ou as moelas, este restaurante atrai muitos clientes por uma peculiaridade no atendimento. No final da refeição, prepara-te para ouvires a tua conta cantada pelo Sr. Carlos. E não é que ele canta mesmo bem?

Restaurante “República dos Petisco”
Depois de um merecido descanso no teu alojamento, está na hora de mais uma refeição alentejana. Aproveita para te deliciares com alguns petiscos na esplanada do restaurante República dos Petisco, localizado mesmo no centro da vila, na Praça da República.


Escapadinha no Alentejo: Dia 3 | Évora Monte, Mourão

Na descida para Mourão, a segunda base desta escapadinha pelo Alentejo Interior, ainda há tempo para uma passagem por um destino histórico, Évora Monte. Inserida no concelho de Estremoz, esta vila com mais de setecentos anos, tem no seu castelo de arquitetura peculiar um dos seus principais atrativos turísticos.

Castelo de Évora Monte | Escapadinha pelo Alentejo
Castelo de Évora Monte

★ Évora Monte

A vila é pequena, pelo que recomendo que deixes o carro estacionado fora das muralhas, para que, tanto tu como os outros visitantes possam explorá-la a pé tranquilamente. Para além de incrivelmente pitoresca, a vila em si tem um importante passado histórico, tendo sido palco da assinatura do acordo de paz entre absolutistas e liberais em 1834, que colocaria um fim a seis anos de guerra civil.

Ao percorrê-la é impossível não nos perdermos nos inúmeros detalhes encantadores espalhados pelas paredes brancas do seu casario ou nas ruas empedradas que a atravessam.Tenta encontrar as casinhas pintadas no chão!

★ Mourão

Com Évora Monte explorada, está na hora de seguires rumo até à segunda base desta escapadinha pelo Alentejo, a vila de Mourão, localizada junto às margens do Alqueva, o maior lago artificial da Europa.

Castelo de Mourão | Escapadinha pelo Alentejo
Vista do Castelo de Mourão

Foi palco da Batalha de Mourão no século XV  que opôs portugueses e castelhanos durante a Guerra de Sucessão de Castela, e a sua proximidade ao rio Guadiana fez com que a agricultura aqui vingasse ao longo dos séculos.

Locais a não perder em Mourão

✔ Castelo de Mourão

Construído no século XIV, o Castelo é um local de passagem obrigatória em Mourão. Para além do seu interesse a nível histórico, o Castelo oferece ainda uma vista magnífica sobre as terras banhadas pelo Alqueva.

✔ Praia Fluvial de Mourão

Localizada numa pequena ilha em pleno Alqueva, a Praia Fluvial de Mourão é o local ideal para uns mergulhos refrescantes nos dias de maior calor. Aqui encontras zonas de areia e de relva e um excelente conjunto de infraestruturas, ideais para um dia de praia em total conforto.

✔ Museu da Luz

O Museu da Luz, localizado entre a vila de Mourão e o Alqueva, mostra aos seus visitantes as transformações decorridas na paisagem, desde a construção da Barragem do Alqueva e a submersão da antiga Aldeia da Luz. O edifício de arquitetura premiada recebeu uma Menção Honrosa em 2005 na categoria de “Melhor Museu do País”.

Museu da Luz | Escapadinha pelo Alentejo
Créditos: Museu da Luz

Onde ficar em Mourão

Em Mourão fiquei alojada na Herdade dos Delgados (Pontuação Booking: 8.9) que pessoalmente recomendo, pelo conforto das instalações, vistas incríveis sobre o Alqueva (quer dos quartos, quer da piscina) e simpatia do seu staff. É particularmente ideal para escapadinhas românticas.

No entanto, qualquer um dos dois outros alojamentos abaixo sugeridos, seriam igualmente excelentes opções.

Sugestão de Restaurantes em Mourão

Restaurante Adega Velha
Se gostas de ambientes típicos e de boa comida alentejana, então recomendo que não percas tempo e marques, assim que possível, uma mesa no restaurante Adega Velha, em Mourão. 

A ementa é bastante reduzida mas os pratos que lá constam não desiludem de todo. A Sopa de Cação, os Pezinhos de Coentrada ou a típica Carne de Porco à Alentejana são de chorar por mais. 

Restaurante A Chaminé
Não cheguei a ter oportunidade de visitar o Restaurante A Chaminé, mas apareceu várias vezes na lista de restaurantes recomendados em Mourão. As críticas destacam a simpatia dos seus proprietários e a qualidade da comida, em especial da Sopa de Cação e dos Pezinhos de Coentrada. 


Escapadinha no Alentejo: Dia 4 | Monsaraz

Reserva o quarto dia da tua escapadinha pelo Alqueva para visitares a pitoresca vila medieval de Monsaraz. Vencedora da categoria “Aldeias Monumento” em 2017, Monsaraz transporta os seus visitantes séculos atrás no tempo, sendo bastante fácil imaginar reis, rainhas e cavaleiros a percorrerem as suas ruas. Estaciona o carro nos parques de estacionamento localizados fora da muralha e parte à descoberta a pé desta encantadora vila alentejana de origens árabes.

Na última noite da tua escapadinha pelo Alentejo, sugiro que aproveites a fama do Alqueva de primeiro destino starlight do mundo, e faças uma observação de estrelas no Observatório Oficial Dark Sky Alqueva. Localizado na Cumeada, a cerca de 30 minutos de distância de Mourão, o Observatório está equipado com telescópios de vanguarda que te oferecerão uma vista privilegiada do espaço. 

As sessões com observação guiada decorrem de terça-feira a sábado, existindo sessões às 22h e 23h, sempre dependentes das condições atmosféricas, claro. A reserva deverá ser feita com antecedência, e o preço por adulto é de €20.

Locais a não perder em Monsaraz

✔ Monumento de Homenagem ao Cante Alentejano

Ainda no exterior das muralhas encontras o Monumento de Homenagem ao Cante Alentejano, Património Cultural Imaterial da Humanidade. Senta-te nos bancos que ali se encontram e aproveita para apreciares a fantástica vista sobre a paisagem envolvente.

✔ Castelo de Monsaraz

No topo da pequena vila ergue-se imponente o Castelo de Monsaraz. Este Monumento Nacional, construído no século XIV, oferece vistas únicas sobre a zona envolvente, banhada pelo Alqueva. A vista ao por do sol é particularmente encantadora.

✔ Igreja Matriz de Nossa Senhora da Lagoa

Construída em mármore de Estremoz, a Igreja Matriz data do século XVI é o lar do túmulo do cavaleiro templário Gomes Martins Silvestre, o primeiro alcaide de Monsaraz. Está localizada no Largo Dom Nuno Álvares Pereira, onde também se encontra o Pelourinho oitocentista e a Igreja da Misericórdia.

Igreja Monsaraz | Escapadinha pelo Alentejo
✔ Lojas de Artesanato

Se gostavas de levar um bocadinho do Alentejo contigo para casa, não percas a oportunidade de passar por uma das várias lojas de artesanato de Monsaraz, muitas das quais se encontram localizadas na Rua de Santiago.

✔ Cromeleque do Xerez

Localizado nas imediações do Convento da Orada, estima-se que o Cromeleque do Xerez date de 4000 a.C. É composto por cerca de 55 menires que chegam a atingir 1,50 m e, tal como outras construções similares, está associado ao culto dos astros, tendo sido também um local de culto religioso.

✔ Praia Fluvial de Monsaraz

Para um mergulho num dia quente, sugiro que aproveites ainda para passar pela Praia Fluvial de Monsaraz. À semelhança da Praia Fluvial de Mourão, aqui terás acesso às águas refrescantes do Alqueva assim como a um vasto areal e várias infrasestruturas de apoio que te darão o conforto necessário para um dia bem passado.

Praia Fluvial de Monsaraz | Escapadinha pelo Alentejo

Sugestão de Restaurantes em Monsaraz

Restaurante Sem-Fim
Não está localizado dentro das muralhas, mas bastante perto. O Restaurante Sem-Fim, localizado nas instalações de um antigo lagar de azeite, acabou por se tornar o meu local gastronómico de eleição na zona, tendo lá voltado 2 noites seguidas. A destacar o Bacalhau Sem Fim, uma espécie de Bacalhau com Natas, complementado por chouriço, que recomendo a 100%.

Para além da sala interior, bastante espaçosa, o restaurante apresenta ainda um terraço onde poderás usufruir do fresquinho da noite durante o verão. Reserva prévia altamente recomendada.

Restaurante Xarez
Localizado dentro das muralhas da vila, o Restaurante Xarez destaca-se pelo seu excelente terraço com vistas extraordinárias. O Gaspacho com Presunto e Paio, Lombo de Porco com Migas de Espargos e o Bacalhau com Espinafres são algumas das suas especialidades.

Taverna Os Templários
Tal como no anterior restaurante, o destaque deste restaurante, para além da sua comida, vai para o seu terraço onde as vistas soberbas estão garantidas. Os preços poderão estar um bocadinho acima dos outros restaurantes da zona, no entanto.


Escapadinha no Alentejo: Dia 5 | Évora

No regresso ao norte do país, caso seja esse o teu itinerário, sugiro que faças uma paragem em Évora. Dou-te 3 razões para o fazeres: 

  1. Descobrires uma cidade repleta de património histórico único
  2. Deliciares-te com mais alguns dos melhores sabores da gastronomia alentejana
  3. Saltares de para-quedas no aeródromo de Évora

Locais a não perder em Évora

✔ Templo Romano de Évora

Também conhecido por Templo de Diana (erradamente), este monumento, classificado Património Mundial pela UNESCO em 1986, é um dos maiores testemunhos da época de ocupação romana da região.

Templo de Évora | Escapadinha pelo Alentejo
Créditos: Claudia Aleixo em Unsplash
✔ Capela dos Ossos

Construída no século XVII, a Capela dos Ossos está inteiramente preenchida no seu interior por milhares de ossos e crânios. A sua peculiar decoração teve como objetivo despoletar uma reflexão sobre a transitoriedade da vida. O bilhete de entrada tem o valor de €5.

Capela dos Ossos | Escapadinha pelo Alentejo
Créditos: Portuguese Gravity em Unsplash
✔ Catedral de Évora

A Sé Catedral, também conhecida por Basílica Sé de Nossa Senhora da Assunção, é um ponto de passagem obrigatória numa visita a Évora, sendo a maior catedral medieval de Portugal.

Catedral de Évora | Escapadinha pelo Alentejo
✔ Praça do Giraldo

No coração da cidade encontras a Praça do Giraldo, onde se destacam as largas arcadas e as esplanadas espalhadas à volta do Chafariz.

Praça do Giraldo, Évora | Escapadinha pelo Alentejo
✔ Lojas de Artesanato na Rua 5 de Outubro

Para levares um bocadinho de Évora para casa, recomendo que faças uma passagem pela Rua 5 de Outubro onde encontras várias lojas de artesanato local.

✔ Aeródromo Municipal de Évora (Salto de Paraquedas)

Se já deste por ti a dizer várias vezes “um dia salto de um avião”, então esta poderá muito bem ser a altura ideal para o fazeres. No Aeródromo Municipal encontras a Skydive Portugal que te permite fazer saltos de paraquedas a partir de €125. 

Eu não tive a oportunidade de saltar porque estava grávida de 7 meses, mas acompanhei 3 pessoas que o fizeram e posso garantir que, pelo que vi, a experiência é incrível e feita em total segurança.

Sugestão de Restaurantes em Évora

Restaurante “O Templo”
Na minha última visita a Évora acabei por descobrir este pequeno restaurante, chamado “O Templo”. Com uma ementa deliciosa complementada por preços bastante acessíveis, o restaurante destaca-se ainda pela extrema simpatia e boa disposição do seu proprietário que atende cada mesa individualmente. 

As doses são extremamente generosas, sendo 1 dose mais que suficiente para 2 pessoas. A destacar a Espetada de Lombinho de Porco Preto com Migas (em pau de louro) e os Abanicos de Porco Preto “Pata Negra” com puré de maçã, ananás caramelizado e batata frita.


Espero que este roteiro de escapadinha pelo Alentejo te dê tantos momentos inesquecíveis como me deu a mim. Qualquer dúvida que tenhas, não hesites em partilhar nos comentários abaixo!

Para mais dicas úteis, fotos e videos, acompanha as minhas viagens através  do Instagram e Facebook.

Este artigo poderá conter links de afiliados.

PLANEIA A TUA VIAGEM COM ESTES LINKS ÚTEIS

Alojamento:
Para reservas de alojamento uso sempre o Booking ou o AirBnb.

Voos:
Para encontrares os melhores voos para as tuas viagens recomendo o Jet Radar

Seguro de Viagem:
Para te manteres segura em viagem recorre aos seguros da IATI Seguros (desconto de 5%) ou da World Nomads 

Tours e Atividades:
Para reserva de tours e atividades em vários destinos recomendo a Get Your Guide ou a Viator

Alugar Carro:
Para alugar carro uso sempre a Rentalcars.com

Transportes:
Para compra de bilhetes para transportes na Ásia recomendo o 12go.asia ou o Baolau

Maria João Proença

Nascida e criada em Lisboa, Portugal, mas apaixonada pelo mundo. Adoro partilhar as minhas histórias de viagem, fotografias e videos e aconselhar e inspirar quem partilha a mesma paixão pelas viagens!

7 Comentários

  1. Permita-me sugerir incluir a cidade de Moura na visita ao redor do Alqueva. A visitar a Mouraria, o Castelo, o Museu Alberto Gordillo de Joalharia Contemporânea, o Lagar de Varas do Fojo. Para jantar o restaurante “Retiro do Ernesto”, situado numa daquelas ruas floridas do Centro Histórico

  2. Super completo seu roteiro! Adorei e fiquei com muita vontade conhecer a região do Alentejo. Próxima vez que eu for a Portugal vou usar esse post para me nortear. Obrigada =)

  3. Adoro ler dicas sobre Portugal. Já fui a Évora, Mourão e Monsaraz .. inclusive os pratos pendurados na parede da minha cozinha são de Monsaraz. Lindos! Comprei com um artesão local.

  4. Que lindo roteiro para uma escapadinha! Só conheço o Alto Alentejo, essa região do Alqueva está ainda por explorar, acreditas? Tenho que tratar disso no próximo Verão. Obrigada pelas dicas, espero aproveitá-las todas

  5. Encantador seu roteiro de escapadinha de 5 dias na região do Alentejo. São cidades lindas, cada uma com o seu charme, de templo romano a contemplação rural. Simplesmente incrivel. Quero muito fazer esse passeio um dia 🙂

  6. Luciana Rodrigues Responder

    Uma das cidades que mais me impressionou foi évora. Caso eu tenha chance de voltar, vou aproveitar e fazer esse roteiro. Gostava muito de conhecer a Praia fluvial de Monsaraz

Gostaste do artigo? Deixa aqui o teu comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: