O que ver em Yangon, Myanmar

Yangon, a ex-capital de Myanmar (ex-Birmânia) é uma cidade intensa, interessante e surpreendente. Desde Pagodas com mais de 2500 anos de idade, jardins e parques fantásticos e enormes no centro da cidade, até passeios de comboio pelos arredores da cidade ou comida de rua fabulosa, há sempre algo para fazer em Yangon, nem que seja perderes-te nas suas ruas.

Abaixo seguem algumas sugestões para te ajudar a saber o que ver em Yangon . Espero que te sejam úteis!


Shwedagon Pagoda

O Shwedagon Pagoda é uma das maiores atracções de Yangon, com cerca de 2500 anos de existência, e tinha de estar em primeiro lugar na lista sobre o que ver em Yangon. Ergue-se imponente no meio de Yangon, ficando ainda mais impressionante à noite, todo iluminado. Existe um fee de entrada de $8. Certifica-te que vais adequadamente vestida (ombros e pernas tapados) para não correres o risco de ficares à porta.

O que ver em Yangon

Kandawgyi Lake

Não percas a oportunidade de visitar este lago, um dos 2 maiores lagos de Yangon, localizado a apenas 1,5km da zona da Downtown e a 750m do Shwedagon Pagoda. Percorrido por um longo passadiço de madeira, este lago foi construído durante o período colonial britânico para ser usado como reservatório de água para Yangon. Está rodeado por um parque verde onde os locais de encontram para conviver e relaxar.

O que ver em Yangon

Inya Lake

Este é o maior lago de Yangon, alimenta o Kandawgyi Lake, e é particularmente famoso por ser o local onde se encontra a casa onde a activista Aung San Suu Kyi esteve em prisão domiciliária durante tantos anos. É uma das zonas mais exclusivas de Yangon. Localizado junto a uma universidade, é frequente verem-se por lá jovens casais apaixonados.

O que ver em Yangon

Sule Pagoda

Dizem que dentro deste Pagoda (apelidado por alguns como o “mais antigo Pagoda do mundo”) localizado no centro da zona da Downtown, se encontra um cabelo do Buda. Foi também aqui o ponto central das revoltas de 1988 e 2007. A entrada custa $3.

O que ver em Yangon

Volta circular de comboio (Circular Railroad Ride)

Esta é uma actividade ideal para quem gosta de ver o lado autêntico e genuíno das cidades e países que visita. Por apenas 300 kyats (cerca de €0,22) é possível entrar num comboio na estação central de comboios e percorrer os arredores de Yangon num passeio de 3 horas, assistindo pela janela ao dia a dia de quem lá vive e trabalha. Recomendo a 100%!

O que ver em Yangon

Chinatown

Não percas a oportunidade de ir até à zona da Chinatown à noite e de te deliciares com as espetadas grelhadas numa das várias esplanadas que encontras na 19th Street. Para além da comida fantástica (um bocadinho mais cara na 19th Street, mas vale a pena) encontras um ambiente animado onde locais e turistas se misturam de uma forma bastante natural.

O que ver em Yangon

Maha Badula Park

Perto do edifício da City Hall e do Tribunal encontra-se o Parque Maha Badula. No centro deste parque poderás encontrar o Independence Monument: uma estrutura que substituiu a estátua da Rainha Victoria que lá se encontrava antes. Foi mandada edificar como símbolo da independência da Birmânia do império britânico. O relvado do parque está sempre ocupado por locais que aí se sentam para relaxar, conviver entre amigos ou namorar, aproveitando a sombra das árvores. É um bom sitio para descansares um bocadinho antes de continuares o passeio pela cidade!

Tribunal Superior e City Hall

O edifício da City Hall (Câmara Municipal), localizado junto ao Sule Pagoda, é considerado um exemplo da típica arquitectura Birmanesa, tendo sido palco de várias manifestações políticas ao longo dos anos. Uns metros mais ao lado, em frente ao Maha Badula Park, o magnífico edifício do Tribunal Superior (High Court) é um exemplo perfeito da típica arquitectura inglesa. Foi construído em 1911, ainda durante a época colonial britânica. Os 2 edifícios estão inseridos na lista de Património Municipal de Yangon.


Pronto, agora que já saber o que ver em Yangon, só me resta desejar-te boa viagem! 🙂

Nascida e criada em Lisboa, Portugal, mas apaixonada pelo mundo. Adoro partilhar as minhas histórias de viagem, fotografias e videos e aconselhar e inspirar quem partilha a mesma paixão pelas viagens!