Travessia por terra Tailândia – Myanmar

Para quem viaje com mais tempo, com menos budget, evite ao máximo voar ou simplesmente aprecie o desafio, é sempre possível fazer a travessia por terra TailândiaMyanmar. A fronteira mais fácil de atravessar é a de Mae Sot, a cerca de 360 km de Chiang Mai e 495 km de Bangkok. 

Abaixo seguem os passos necessários para fazeres então a travessia por terra da Tailândia para Myanmar através de Mae Sot. Neste caso específico a partida é feita de Chiang Mai, no Norte da Tailândia.


1| Obtenção de visto

Até 31 de Agosto de 2016 era obrigatório obter previamente o visto para Myanmar junto das suas Embaixadas ou Consulados, para entradas através das fronteiras terrestres com a Tailândia. Desde o dia 01 de Setembro de 2016 passou a ser agora também possível entrar via terrestre em Myanmar apenas com e-Visa, através das fronteiras terrestres de Mae Sai/Tachileik, Mae Sot/Myawaddy e Ranong/Kawthaung.

O e-Visa pode ser obtido através do website evisa.moip.gov.mm. Tem um custo de 50 USD e uma validade de 28 dias (o prazo de validade é igual ao visto obtido através das embaixadas ou consulados).

Se, de qualquer forma, preferires obter o teu visto da forma tradicional (junto de uma embaixada ou consulado), ficam aqui as dicas para o fazeres. Estando na Tailândia, desloca-te à Embaixada de Myanmar em Bangkok ou ao Consulado de Myanmar em Chiang Mai. Leva o passaporte e cópia do passaporte (da folha com os teus dados), 2 fotos tipo passe e 800 bahts para pagares o fee. O visto estará pronto no prazo de 2 a 3 dias úteis.

2| Autocarro para Mae Sot.

O primeiro passo da travessia por terra Tailândia – Myanmar passa pela deslocação até à cidade mais próxima da fronteira: Mae Sot. A companhia de autocarros Greenbus faz a viagem entre Chiang Mai e Mae Sot. Os autocarros saem do Chiang Mai Bus Terminal 3 às 8h35, 13h10 e 17h. A viagem tem uma duração de cerca de 6h30 a 7 horas. A fronteira fecha às 18h abrindo novamente às 9h do dia seguinte, pelo que o ideal será que apanhes o primeiro autocarro se não quiseres passar essa noite em Mae Sot.

Os bilhetes podem ser adquiridos on-line através do site da Greenbus e pagos em qualquer loja 7 Eleven . Basta apresentares na loja o código que te foi fornecido ao reservares pelo site. É-te entregue então um comprovativo de pagamento que terás depois de trocar pelos bilhetes reais no balcão da Greenbus no terminal de autocarros. 

Dentro do terminal existem uma série de lojas onde poderás comer ou abastecer-te de snacks e água para a viagem se quiseres. Do outro lado da rua existe também um pequeno centro comercial chamado Star Avenue. Aqui encontras vários locais de restauração com ar condicionado e Wi-Fi gratuito. Ideal caso tenhas um longo período de espera pela frente até à partida do autocarro.

Dirige-te depois à Plataforma 17 (convém no entanto confirmares lá a plataforma correcta) para apanhares então o autocarro. É um autocarro de turismo suficientemente confortável onde até oferecem um snack e uma garrafa de água logo ao início da viagem. Cerca de 6 horas e meia depois estás em Mae Sot. Da estação podes apanhar um tuk tuk que te levará até ao centro da cidade ou até à fronteira, dependendo dos teus próximos passos.

3| Alojamento em Mae Sot 

Independentemente das horas a que chegues a Mae Sot, vais sempre de ter de fazer outra viagem de algumas horas do outro lado da fronteira para o teu próximo destino em Mynamar. O melhor será passares essa mesma noite em Mae Sot. Assim poderás atravessar fronteira no dia seguinte bem cedo pela manhã e prosseguir viagem em Myanmar com uma menor dose de cansaço em cima.

Eu não reservei com antecedência e acabei por ficar na Ban Thai Guesthouse. Quartos muito confortáveis, um fantástico jardim interior e preços  acessíveis. Quarto C/ventoinha: 550 bahts, quarto c/ AC: 850 bahts, bungalow: 1000 bahts.

Se preferires ir já com alojamento marcado, vê aqui outras soluções de alojamento: Alojamento em Mae Sot.

4| Ir até à fronteira 

De Mae Sot tens de apanhar um tuk tuk, songthaew ou táxi para a fronteira. Vai até ao centro onde encontras várias opções disponíveis. Existem mini-vans com AC que te levam mesmo até ao outro lado, a Myawaddy, por 50 bahts (no mínimo). Se preferires passar a ponte a pé e quiseres poupar um bocadinho, avança mais uns metros até ao mercado onde tens songthaews (carrinhas de caixa semi-aberta) que te levam até à fronteira por 20 bahts. Mas prepara-te porque estes enchem-se de pessoas até ao limite. Uma carrinha que supostamente levaria 10 pessoas, chegou à fronteira com 19 pessoas lá dentro!

5| Passar a fronteira

O processo na fronteira, apesar de simples, envolve alguns passos. A primeira paragem é feita no balcão de saída da Tailândia, antes da Friendship Bridge. De seguida a Tourist Police manda-te parar para preencheres os teus dados numa espécie de livro de ponto. Continuas caminho e paras um bocadinho mais à frente num pequeno escritório para dares então entrada em Myanmar. Preenches uma folha com os teus dados, incluindo morada do teu próximo destino em Myanmar, tiram-te uma foto, e pronto! Travessia por terra Tailândia – Myanmar concluída! 

Nascida e criada em Lisboa, Portugal, mas apaixonada pelo mundo. Adoro partilhar as minhas histórias de viagem, fotografias e videos e aconselhar e inspirar quem partilha a mesma paixão pelas viagens!