Já tinha ouvido falar da Aldeia da Pedralva há algum tempo. A vontade de visitá-la tinha ficado, mas infelizmente, a oportunidade de lá ir ainda não tinha chegado. Isso até há poucos dias atrás, quando num Domingo quente de Verão, uma saída de casa sem destino me levou até lá.

Localizada no concelho de Vila do Bispo, a Aldeia da Pedralva foi em tempos apenas mais uma aldeia condenada ao abandono em Portugal. Até que, em 2006, com apenas 9 habitantes e 40 casas em ruínas das 50 existentes, foi descoberta por um lisboeta que ali decidiu comprar uma casa de férias. Uma casa de férias passou a 2 casas de férias e de repente surge a ideia de, ao lado de 2 outros sócios, iniciar um projeto turístico na aldeia, que viria a dar-lhe uma segunda oportunidade, salvando-a do seu eventual desaparecimento.

Em 2010 o projeto “Aldeia da Pedralva” abre oficialmente, sendo hoje uma das mais bonitas aldeias e um dos destinos turísticos mais pitorescos no Algarve. É ideal para todo o tipo de turistas: quer viajes em familia, com a tua cara metade ou com um grupo de amigos, encontras na aldeia um refúgio ideal para uma escapadela da rotina.

Encontrei na Aldeia um dos locais mais autênticos que visitei até ao momento desde que me mudei para o Algarve, uma paz incrível e o desejo de voltar um dia para me deixar ficar por uns dias em vez de uma visita rápida de um dia.


Localização

A Aldeia da Pedralva está localizada no concelho de Vila do Bispo, perto de Sagres, na costa vicentina.


Como Chegar

Ao chegares à Via do Infante, depois da A2, segue em direção a Portimão/Lagos e sai na 2ª saída para Lagos. Continua a seguir as direções para Vila do Bispo/Sagres. Ao chegares a Vila do Bispo encontras a placa direcional para Pedralva.


Onde Ficar

Todas as casas inseridas na “Aldeia da Pedralva” foram recuperadas respeitando a traça típica das casas da zona da Costa Vicentina. Apesar desta característica comum, cada casa tem a sua própria personalidade, assente em pequenos detalhes que as diferenciam.

Existem 30 casas disponíveis para alugar, entre o T1 até uma Casa de Campo com pátio e 3 quartos, com capacidade para 8 pessoas. Todas as casas incluem serviços de limpeza diária, uma kitchenette totalmente equipada e aquecimento em pedra irradiante. Os preços variam entre os €64 e os €327 por noite, dependendo da época e do tipo de alojamento que escolheres.

Vê aqui as várias opções disponíveis: Alojamento Aldeia da Pedralva


O que fazer

Para além de usufruires de uma tranquilidade sem comparação, no meio do interior algarvio, existem também várias atividades oferecidas pela Aldeia, ou disponíveis na zona envolvente, para que possas aproveitar ao máximo a sua estadia.

  • alugar uma bicicleta para percorreres as paisagens fabulosas da Costa Vicentina
  • tirar um curso de mergulho (com aulas na piscina da Aldeia e no porto de Sagres)
  • dar uns bons mergulhos na piscina comum
  • juntar os amigos e família na área de barbecue na zona do antigo forno da aldeia para uns petiscos de almoço ou fim de tarde
  • alugar material para longas caminhadas nas redondezas
  • aprender a fazer surf
  • pescar
  • fazer snorkelling
  • geocaching
  • birdwatching

Onde comer

O restaurante oficial da Aldeia da Pedralva chama-se Sitio da Pedralva e é conhecido por duas especialidades: o Bacalhau no Pão à moda de Pedralva e as Costeletas de Borrego com Puré de Batata Doce. Os preços dos pratos principais vão desde os €9 aos €24, sendo possível também tomar o pequeno-almoço aqui, em estilo buffet.

Existe ainda mais um restaurante chamado Pizza Pazza. Se as pizzas são a tua perdição, então esta será uma excelente escolha. Normalmente aberto apenas para jantar, aos Domingos, durante o Verão, abre também às 13h para almoço. Reza a lenda que, em 2004, o próprio Principe William se rendeu aos encantos do Pizza Pazza, onde jantou com um grupo de amigos durante uma despedida de solteiro. Para além do selo de aprovação real, a tua comum mortal aqui também o recomenda a 100%.


E agora.. Boa viagem! 🙂

Nascida e criada em Lisboa, Portugal, mas apaixonada pelo mundo. Adoro partilhar as minhas histórias de viagem, fotografias e videos e aconselhar e inspirar quem partilha a mesma paixão pelas viagens!